Palestras

  • Construindo a Qualidade de Vida

Fala-se muito sobre desempenho nos alcance dos resultados e a busca do conhecimento agilizando o processo. Importante perceber que o conhecimento faz algum sentido quando aplicado na geração de soluções, a serviço da família, da empresa e/ou da comunidade. A qualidade de vida tem suas condições para ser alcançada, grande parte dela é de nossa responsabilidade e tem como premissa a nossa capacidade de fazer, individual e coletivamente.

    

  • Tema: Palco ou Platéia? Uma Escolha Fantástica

Talvez o grande desenvolvimento dos Humanos deu-se no momento da formulação da primeira pergunta e alcance da primeira resposta. A partir deste momento nunca mais fomos iguais, nuca mais paramos de nos questionar e de evoluir.

Quantas perguntas fazemos por dia? Nossas perguntas fazem algum sentido à nossa vida? Possuem razão de ser? Somos capazes de nos questionar, de buscar uma resposta e concluir?

Ousar a pergunta é estar no palco. Questionar a rotina e melhorar o processo é estar no palco. Podemos interferir no resultado, estejamos na platéia ou no palco, podemos fazer a diferença e alcançar a realização.  

 

  •  Tema: O Tesouro do Ser Equipe

Compartilhar a vida, viver o coletivo de forma vantajosa para todos, é sem dúvida um grande desafio. Inicialmente pode ser um problema, quando as interfaces nos geram atritos na comunicação e nos processos de consenso, aos ventos das diferenças de percepções entre os integrantes de nossas equipes. Mas, toda esta diversidade amplia a possibilidade do desenvolvimento e do sentimento, alcançamos algum sentido quanto questionamos as nossas verdades e as nossas razões, a partir das verdades e razões dos demais. Talvez a arte de Ser Equipe resida no ouvir e no interagir. 

 

  • Tema: Condições Adequadas à Vida

Podemos repensar nossos processos, inclusive os mentais, assumindo o poder sobre a mente e consequentemente tendo-a como aliada, na busca da felicidade. A nossa incapacidade de reação, de adequação às condições decorrentes das intempéries, nos deixa vulneráveis. Segundo Darwin, “Não são as espécies mais fortes que sobrevivem nem as mais inteligentes, e sim as mais suscetíveis as mudanças.” Quanto menor for o número de condições necessárias à nossa felicidade, mais suscetíveis estaremos às mudanças, mais longínqua e intensa será a vida.

  

  • Tema: Resultados, uma questão de Obrigação ou uma Oportunidade de Realização?

No início, construímos os cenários necessários à brincadeira. Não chamamos a construção de trabalho, não separamos os momentos de felicidade e de sofrimento, simplesmente tudo é brincadeira, é arte que conjuga verdade e representação. Crescemos e começamos a perceber a vida, a partir dos sentimentos daqueles que nos passam o bastão. Aprendemos que para sobreviver e ter coisas, é preciso trabalhar. Inicialmente o SER prevalece, porque desejamos à emoção, o sentimento. No decorrer, o TER sobrepõe e pagamos o preço, assumimos que parte da vida são obrigações ou, tudo é obrigação. Mas, somos humanos e temos a capacidade de conduzir até mesmos os nossos sentimentos. Podemos sentir o prazer de estar vivo durante a construção dos resultados coletivos.

Outros temas: consulte-nos, nosso intuito é trabalhar de acordo com a necessidade real da sua empresa.

Categoria: Treinamento & Desenvolvimento

voltar para Soluções

left show center tsN fsN normalcase fwB|left fwR tsN|left show tsN bsd uppercase b04s fwB|bnull||image-wrap|news uppercase|fsN fwR normalcase tsN sbss|c05|news login fwR normalcase c05|tsN fwR normalcase sbww|signup normalcase fwR c05 b05s bsd|content-inner sbww sbss|left show center tsN fsN normalcase fwB|news fl uppercase tsY fwB